A indústria 4.0 – Você está preparado

Indústria 4.0: Entenda o porquê você já deveria estar preparado para essa nova era | Parte 2

imagem_industria_04

A URIFÉR vem investindo cada vez mais na modernização dos seus equipamentos e qualificação da sua equipe e dos seus parceiros para esse novo cenário da indústria 4.0.

Por isso, se você ainda não leu a primeira parte desse nosso super artigo sobre a Indústria 4.0, não deixe de conferir para conhecer ainda mais sobre essa nova era que traz inúmeras possibilidades para todos os setores de produção da indústria mundial.

Uma nova era de inovações já começou a determinar mudanças profundas na sociedade moderna, alterando definitivamente a forma como nos relacionamos, trabalhamos, consumimos e, consequentemente, produzimos.

Todos os setores estão sendo impactados numa velocidade cada vez maior pela conectividade global.

A próxima grande revolução está aqui. E ela chega marcada pela fusão de tecnologias digitais, físicas e biológicas.

É um movimento universal e que todas as empresas, independente do seu porte e setor de atuação, precisarão se adaptar se quiserem permanecer competitivas.

As distinções entre online e offline são cada vez mais sutis e o processo industrial está se transformando de forma irreversível…

E existem alguns pilares essenciais que impulsionam a evolução da indústria 4.0 e muitos deles podem ser usados na indústria metalúrgica. 

Confira abaixo quais são os nove pilares da Indústria 4.0 e qual sua relevância para a atividade industrial:

  • Análise dos dados e Big Data

A análise e gestão de grandes quantidades de dados vem permitindo maior performance de otimização de processos industriais de vários setores, melhorando o consumo de energia e qualidade de produção nas fábricas. 

A Otimização de tempo e de recursos são apenas alguns dos benefícios que uma empresa pode ter ao melhor analisar as suas próprias informações. O Big Data tem o potencial para transformar dados em lucros!

  • Robótica

Robôs já não são novidade nas indústrias, mas, na indústria 4.0 eles estão sendo otimizados para trabalhar sem um supervisor humano, sendo capazes de trabalhar para automatizar e coordenar uma série de tarefas logísticas e de produção. 

  • Simulação

A indústria 4.0 utiliza a simulação computacional mais amplamente para realizar diferentes análises de dados em tempo real, aproximando o mundo físico e virtual. O resultado é o chamado digital twin, onde toda a cadeia de criação de um produto passa a ter seu representante idêntico também no mundo virtual, o que permite aos operadores testar e aperfeiçoar as configurações das máquinas para o próximo produto na linha de produção virtual antes de qualquer mudança real.

  • Sistemas de integração vertical e horizontal

O conceito de integração alinhado à indústria 4.0 é dividido em integração horizontal e integração vertical. O primeiro diz respeito à toda cadeia produtiva: desde fornecedores até os clientes. Já o segundo, integra as funções a serem desenvolvidas dentro da fábrica. Essa integração permite o aumento a produtividade, a diminuição de perdas, otimização de recursos através da transformação digital dentro das indústrias.

  • Internet das coisas (IoT)

A internet das coisas (em inglês, IoT – Internet of Things) consiste na conexão entre rede de objetos físicos, ambientes, veículos e máquinas por meio de dispositivos eletrônicos embarcados permitindo a coleta e troca de informações. Na Indústria 4.0, a IoT pode permitir a interconexão de dados, formando um ecossistema cibernético capaz de obter a integração total dos sistemas que formam a cadeia produtiva, desde o planejamento a logística, passando pela produção e qualidade.

A  Internet das Coisas (IoT), surge como a ideia de conectar qualquer dispositivo que gere informações e que possa se conectar a um serviço de cloud computing… 

  • Cloud Computing

Seja qual for a indústria, a tecnologia da nuvem é um elemento crítico na Indústria 4.0, fornecendo os meios para as empresas inovarem em torno das novas tecnologias. Mais e mais tarefas relacionadas com a produção de bens e serviços requerem o uso de aplicativos e dados compartilhados entre diferentes localidades e sistemas para além dos limites dos servidores de uma empresa.  

O armazenamento na nuvem permite que os dados – a matéria-prima para a inovação – das empresas sejam gerenciados facilmente sem o risco de perdas. E para garantir a confiabilidade dessas informações, a segurança desses dados também deve ser melhorada.

  • Cibersegurança

A indústria 4.0 necessita que todas as áreas da empresa estejam conectadas, por isso a cibersegurança é um elemento fundamental para proteger sistemas e informações de possíveis ameaças e falhas, que podem vir a causar transtornos na produção.

  • Manufatura Aditiva

Os processos de fabricação hoje podem ser divididos em: manufatura subtrativa, formativa e a mais recente, manufatura aditiva. Ainda não existe uma vasta gama de materiais que podem ser processados através dessa tecnologia, porém já é possível processar ligas de titânio, alumínio, níquel, cobalto cromo e aços inoxidáveis.

  • Realidade aumentada

A realidade aumentada suporta uma variedade de aplicações e serviços em diferentes campos. Aplicada às necessidades da indústria, ela torna possível desde instruções de montagem enviadas via celular para desenvolvimentos para peças de protótipo até o uso de óculos de realidade aumentada para a gestão e operação de determinadas máquinas, melhorando procedimentos de trabalho.

Esses pilares têm o objetivo de aumentar a produtividade e elevar a competitividade das empresas para os novos tempos.

O surgimento da Indústria 4.0 vem transformando a produção industrial do mundo inteiro com novos processos, produtos e modelos de negócio. Mas como o Brasil vem se adequando à essas inovações dentro da indústria? 

Os desafios dessa nova era no Brasil

A Indústria 4.0 traz consigo desafios de alta relevância e impactos tecnológicos para o Brasil.

Segundo o Índice Global de Inovação 2019, o Brasil ainda se encontra na 66ª posição no ranking das economias com maiores capacidades e sucesso de inovação.

Nesse cenário, as transformações da Indústria 4.0 poderão trazer uma série de grandes oportunidades para o Brasil de elevar os seus níveis na economia mundial.

imagem_industria_05

A indústria brasileira ainda está se recuperando de uma das maiores crises da sua história, por isso, muitas empresas continuam resistentes a investir em inovação de ponta.

Há ainda o medo de que essa tendência não vingue ou que sua implementação seja muito custosa.

No entanto, segundo pesquisas divulgadas pela Media Glass, as empresas que implementaram soluções de Indústria 4.0 ao redor do mundo reduziram em até 30% o tempo dos processos, cortando consideravelmente seus custos de operação e aumentando sua eficiência.

Inclusive, aqui mesmo no Brasil, algumas empresas já vem se adequando e implantando a quarta revolução industrial.

Nós temos hoje na indústria nacional bons exemplos como a fábrica da Mercedes-Benz que utiliza exoesqueletos, realidade virtual, robôs colaborativos e aprendizagem de máquina em suas plantas.

Segundo estudos divulgados pela Finep e a Firjan, isso gerou para essa empresa um aumento em 15% na sua eficiência de produção, 20% no ganho em eficiência logística e uma redução de armazenamento de componentes de 10 dias para 3 dias. 

A tecnologia é versátil e pode ser utilizada para os mais diversos segmentos e mercados. A Natura, por exemplo, investiu em uma nova forma de interação com seus consumidores e consultoras, por meio da realidade aumentada nos aplicativos da marca.

E esses são apenas alguns exemplos de como diversas empresas, mesmo em mercados tão distintos, estão se adaptado a essa nova era da indústria e aplicando essas novas tecnologias.

A grande verdade é que não há limites para essa revolução… 

Por isso, para que sua empresa torne-se cada vez mais produtiva e lucrativa, é fundamental firmar parcerias com empresas que já estão iniciando esse processo de mudança dentro da indústria do aço.

E na URIFÉR, você tem a certeza de contar com um parceiro estratégico que utiliza equipamentos de última geração e um moderno laboratório de análise para garantir a distribuição de aço com a excelência e qualidade dos mais rígidos controles de qualidade.

E tudo isso, mantendo o compromisso de cumprir os prazos estabelecidos e a agilidade na entrega.

E esses são apenas alguns aspectos que fazem a URIFÉR ser considerada uma das mais bem conceituadas distribuidoras de aços planos hoje do Brasil.

Fale agora mesmo com um dos nossos consultores sobre cotações de aço e receba ainda mais informações através do nosso telefone:

(11) 2273-1985  

Ou, clique aqui para solicitar um orçamento diretamente pela nossa página. Ficaremos muito felizes em atendê-lo para solucionar as suas dúvidas.

As inovações da inteligência industrial possibilitam o surgimento de outras perspectivas para o funcionamento da indústria metalúrgica…

Mas onde o conceito de Indústria 4.0 se encaixa na siderurgia, um setor industrial mais conhecido pela força bruta do que pela inovação?

As oportunidades da Indústria 4.0 para o mercado de aço

A integração entre máquinas industriais e redes digitais é capaz de conectar dispositivos inteligentes ao longo de toda a cadeia de produção e logística da fábrica.

Isso por si só, já nos permite vislumbrar um ecossistema industrial (e logístico) mais rápido, autônomo, eficiente e centrado no cliente.

Dentre os benefícios, podemos citar ainda:

 

  • Gestão de fornecedores e estoques

O monitoramento em tempo real somado a algoritmos de inteligência artificial possibilita constantes melhorias na administração dos fornecedores e estoques da metalúrgica.

Como resultado, podemos esperar uma gestão mais eficiente do estoque, além da otimização do capital necessário para operar a fábrica.

 

  • Automatização e otimização da produção

 

Automatizar para prever erros e conseguir intervir rapidamente em casos de problemas da produção… a autonomia para máquinas é uma excelente maneira de otimizar o serviço dentro da indústria e podem gerar a redução de ocorrências críticas para a produtividade, como o rompimento de veio no lingotamento contínuo de placas e o sucateamento de tiras durante a laminação a quente.

 

  • Manutenção preventiva

Se os ativos industriais estão conectados e podem ser monitorados pela integração inteligente da metalúrgica, os problemas podem ser detectados antes deles acontecerem. Isso também representa um ganho de tempo, pois torna as manutenções mais eficazes e assertivas.  

 

  • Melhores condições de trabalho e sustentabilidade

Como já falamos aqui, a dimensão humana (e social) é essencial na indústria 4.0… Com o monitoramento  e as tecnologias de sensores, é possível a prevenção de acidentes ou problemas de saúde dos trabalhadores em tempo real. Além disso, robôs podem ajudar a atenuar os efeitos físicos de tarefas repetitivas, proporcionando um trabalho ergonomicamente mais correto e menos desgastante.

 

  • Qualidade dos processos e do produto final

Por fim, é importante mencionar que os investimentos em novas tecnologias colaboram diretamente com o produto e com a percepção do cliente sobre a empresa. A qualidade é melhorada e, com isso, o negócio tende a ganhar espaço especialmente se as modernizações forem feitas rapidamente, até mesmo antes da concorrência!

A percepção de que a sua empresa está antenada com o lançamento de várias tecnologia e pronta a oferecer melhorias em seus processos produtivos pode melhorar seus resultados, inclusive potencializando a fidelização dos seus clientes.

A indústria 4.0 aparentemente é um caminho sem volta!

imagem_industria_06

Independente do segmento ou do porte, a tecnologia na indústria metalúrgica deve ser vista como uma oportunidade, uma estratégia de crescimento para o seu negócio. Por isso, nunca subestime o que é lançado no seu setor de atuação.

Investir nas mudanças trazidas pela Indústria 4.0 se torna cada dia mais necessário. 

Neste cenário, uma excelente porta de entrada para a transformação digital das indústrias e empresas que atuam diretamente no mercado do aço é o estabelecimento de parcerias com fornecedores que estão antenados à essas transformações…

Isso gera uma série de resultados positivos visíveis por toda a cadeia produtiva, principalmente no longo prazo, reduzindo ao máximo as chances de haver desperdícios na cadeia operacional e, automaticamente, evitando prejuízos financeiros ao negócio.

Por exemplo, gargalos de produção ainda são os grandes problemas com que a indústria tem que lidar hoje. Mas, por que eles acontecem? Na grande maioria dos casos, isso se deve ao fato de que determinado material acabou, impossibilitando a continuidade da produção.

Com a quarta revolução industrial, algumas empresas já se utilizam de softwares integrados, de modo que o fornecedor é avisado com antecedência quando determinado material começa a faltar no estoque evitando surpresas com atrasos ou má qualidade dos materiais. 

As possibilidades são múltiplas e diariamente aumentam…

E cada vez mais é evidente a necessidade de contar com parceiros qualificados que permitam produzir mais com menos, melhorando sobretudo a gestão de recursos das fábricas e impactando positivamente as áreas como: manufatura, estoque e logística interna e externa das metalúrgicas.

E se você precisa de um fornecedor para sua empresa que seja um parceiro estratégico, que entenda de suas necessidades e especificidade para aumentar ainda mais os seus resultados, diminuindo seus riscos e possíveis prejuízos na hora de comprar aços planos…

Tenho um convite especial para lhe fazer.

Conheça nossa equipe comercial, eles estão completamente treinados para oferecer soluções inteligentes alinhadas com o que há de mais moderno e eficiente para os novos desafios da indústria 4.0. 

A URIFÉR é especialista na assistência, acompanhamento e suporte dos seus parceiros comerciais, contribuindo para que eles contem sempre com produtos da mais alta qualidade e dentro dos prazos estabelecidos.
Há mais de 40 anos no mercado, a URIFÉR não parou um segundo de se renovar, numa busca cotidiana por inovações para oferecer sempre a melhor qualidade e agilidade em cada peça de aço entregue.

Atuamos com laminados a quente e a frio, zincados e outros produtos, além de contarmos com uma área industrial sólida que permite fornecer aços nas mais diversas especificações com cortes transversais e rotativos provenientes das principais usinas siderúrgicas do país.

Fale com um dos nossos consultores sobre cotações de aço hoje mesmo através do nosso telefone:

(11) 2273-1985

Ou, clique aqui solicite um orçamento diretamente pela nossa página.