A Indústria 4.0 a nova era

Indústria 4.0: Entenda o porquê você já deveria estar preparado para essa nova era | Parte 1

imagem_industria_01

 

O futuro costuma assustar muita gente…

Confúcio, o famoso pensador chinês, disse que se quisermos prever o futuro, temos que estudar o passado…

E se tem algo que podemos aprender ao olharmos para o passado é que o progresso sempre vence.

No final do século XVIII, a 1ª Revolução Industrial trouxe ao mundo a máquina a vapor e o tear mecânico na produção têxtil. Com isso, os artesãos tradicionais que não se adaptaram a essas renovações, rapidamente perderam o seu sustento e muitos passaram a enfrentar sérios problemas financeiros.

Tempos depois, o surgimento dos motores e da energia elétrica, deixou em igual situação aqueles que insistiram em continuar com caldeiras e veículos a vapor.

Já no século XX, os computadores e a microeletrônica revolucionaram os sistemas de produção existentes. E mais uma vez, quem não quis se atualizar ficou pelo caminho. 

A verdade é que a indústria não tolera hesitações…  E quem deseja ter sucesso nesse novo cenário terá de desenvolver novas habilidades. 

A imagem da fábrica repleta de operadores de máquinas responsáveis por inúmeros botões vem sendo gradativamente substituída pela ideia de uma fábrica inteligente, autônoma e independente.  

Novos métodos de produção baseados na automação do trabalho, robótica, inteligência artificial, Big Data e a Internet das Coisas (IoT), deixaram de ser novidade, e algumas dessas inovações já passaram por melhorias e adaptações para novos contextos e mercados.

Esses termos são capazes de confundir muitas pessoas que ainda não acordaram para essa realidade.

Mas a verdade, é que fábricas do mundo inteiro já estão repensando seus sistemas e dando os seus primeiros passos nessa nova era.

Não daqui há 10 ou 5 anos, nem ano que vem… Existem empresas que já vivem esse cenário hoje!

Há um “tsunami tecnológico” se formando que poderá literalmente varrer do mapa empresas e negócios, mesmo as mais antigas e aparentemente estáveis.

Mas a boa notícia é que em vez de ser “engolido”, você pode aproveitar a “crista” dessa gigantesca onda e tornar a sua metalúrgica cada dia mais sólida e protagonista no mercado.

Há um vento inovador que aponta para o futuro e aqueles que souberem ajustar as suas velas, poderão seguir para águas altamente lucrativas nos próximos anos.

E o melhor é que não é algo do outro mundo, complexo e muito menos exclusivo para conglomerados famosos e multimilionários…

Na verdade, decidir de qual lado a sua empresa deseja estar é o primeiro passo dentro dessa nova era:

Você pode escolher estar junto das empresas que enxergam as novas tecnologias simplesmente com um custo… Ou entrar para o grupo de empresas que já observam que as inovações podem ser oportunidades estratégicas para alcançarem o topo do mercado nos próximos anos.

A seguir, você terá acesso a uma série de informações objetivas e muito bem organizadas sobre uma revolução que já está em curso…

Seja bem-vindo a Indústria 4.0, a quarta revolução industrial.

O que é Indústria 4.0

Indústria 4.0 é um conjunto de tecnologias baseada nas interações entre os sistemas cyber-físicos, a Internet das Coisas e o Big Data, possibilitando a conectividade e a troca de informações entre máquinas, pessoas e processos industriais.

Esse conceito foi usado pela primeira vez no ano de 2011, na Feira de Hannover, na Alemanha, por uma associação alemã que promoveu uma abordagem para fortalecer a competitividade da indústria manufatureira alemã.

A indústria 4.0 é definida por algumas premissas, das quais falaremos mais profundamente neste artigo, e que são caracterizadas pela:

  • Descentralização dos controles dos processos produtivos
  • Interoperabilidade (capacidade de um sistema de se comunicar de forma eficiente com outro sistema)
  • Virtualização
  • Produção em tempo real
  • Sistemas modulares na linha de produção

Essas premissas tem como objetivo a criação de redes inteligentes nas cadeias de produção, de modo que elas se tornem autônomas e sejam capazes de prever erros e realizar manutenções de falhas em todos os estágios da cadeia produtiva.

Em outras palavras, a Indústria 4.0 irá trazer oportunidades exclusivas para as empresas que investirem em tecnologia, equipamentos, e informação de alta qualidade.

Mas para que tudo isso seja totalmente efetivo, é fundamental que haja uma gestão da qualidade na indústria 4.0, a fim de acelerar o desenvolvimento industrial e para que as empresas possam entregar bons produtos e serviços para os consumidores. 

E no mercado do aço, especificamente na distribuição de aços planos,  como laminados a quente, frio, zincado, rolos e blanks é fundamental que a empresa que forneça estes materiais tenha uma boa gestão e logística eficiente para garantir a entrega sempre dentro dos prazos. 

E a URIFÉR vem investindo cada vez mais em melhorar seus processos internos para que seus clientes consigam aumentar a produtividade e elevar a competitividade de suas empresas para estes novos tempos. 

Fale agora mesmo com um dos nossos consultores sobre cotações de aço e receba ainda mais informações através do nosso telefone:

(11) 2273-1985 

Ou, clique aqui para solicitar um orçamento diretamente pela nossa página. Ficaremos muito felizes em atendê-lo para solucionar as suas dúvidas.

Gestão eficiente da Produção na Indústria 4.0

No que diz respeito à gestão da qualidade na indústria 4.0, é preciso deixar claro que essa evolução busca evitar erros e gargalos na produção, os quais prejudicam a rentabilidade e competitividade de qualquer negócio.

O planejamento da produção é justamente o meio pelo qual se garante que o processo produtivo da empresa não seja interrompido sem a devida previsão para isso.

Existe uma série de erros no planejamento da produção que tira o sono dos empreendedores que trabalham na indústria metalúrgica.

Por isso, é indispensável avaliar se os processos produtivos na metalúrgica estão indo bem.

Nesse sentido, a quarta revolução industrial, caminha para uma otimização na gestão das falhas do processo produtivo. As integrações farão com que os gestores se antecipem às possíveis falhas, evitando perdas ao longo da cadeia produtiva.

imagem_industria_02

Claro que para isso, o investimento em tecnologia deve ter lugar de destaque. Manter uma gestão da qualidade na indústria 4.0 exige esforços e, em um mundo cada vez mais globalizado, é muito importante compreender como otimizar processos produtivos na metalúrgica pelos meios tecnológicos. 

Porém, somente o investimento em tecnologia não basta.

Por mais avançadas que sejam as integrações e os maquinários nas fábricas, há um elemento que se for negligenciado certamente irá comprometer toda a eficiência dos processos.

As metalúrgicas vão precisar de uma EQUIPE com habilidades e atitudes que possam conversar e interagir com as inovações. Somente dessa forma é possível tirar o máximo proveito das capacidades dessas novas tecnologias que foram incorporadas.

Pessoas são a chave do sucesso da Indústria 4.0

Na quarta revolução industrial, tudo começa na escolha das pessoas certas… 

Uma pergunta rápida:

Você colocaria uma Ferrari nas mãos de uma pessoa que nunca dirigiu? O bom senso nos diz que essa é uma péssima ideia.

Além de ser perigoso, dada a potência de um carro desse porte, somente um piloto bem treinado é capaz de tirar o melhor de uma máquina como essa.

Em resumo: até mesmo um superesportivo nas mãos de um piloto sem conhecimento ou treinamento adequado, torna-se limitado e incapaz de realizar tudo aquilo de que é capaz.

Da mesma forma, mesmo diante de toda a revolução tecnológica proposta pela indústria 4.0, os colaboradores são um ponto crucial para que possamos vivenciar de fato essa revolução. 

A equipe deve ser treinada constantemente para se manter atualizada das inovações e tecnologias presentes na cadeia produtiva da metalúrgica.

imagem_industria_03

E por isso, é essencial manter um olhar atento para o desenvolvimento de recursos humanos da metalúrgica.

Para essa nova era, é preciso que haja o incentivo para a formação de uma nova mentalidade que contemple a ideia de aprendizado contínuo, com mais disposição para sair da zona de conforto, proporcionando novas habilidades, além de fortalecer as que já foram adquiridas pelos colaboradores.

É essencial poder contar com parceiros qualificados tanto dentro, quanto fora da metalúrgica…

Ter um time eficiente de fornecedores, comprometido e de qualidade é um requisito mínimo para que a empresa atinja todos os seus objetivos, entregando os seus produtos com a perfeição que o cliente quer e espera.

Afinal de contas, a tecnologia por si só não será capaz de levar a cadeia produtiva para o próximo nível de sofisticação ou resolver os problemas causados por fornecedores de aços ruins.

Quanto mais precisos forem os cuidados tomados no momento da escolha dos seus fornecedores, melhores os resultados no dia a dia da indústria. 

A URIFÉR, cada vez mais se mantém constantemente de olhos abertos para compreender quais tecnologias e inovações atuais de fato trarão benefícios para a sua empresa.

Entre em contato agora mesmo com a nossa equipe comercial e veja como podemos te ajudar a aumentar mais os seus resultados e otimizar seu processo na hora de comprar aços planos diminuindo seus riscos e possíveis prejuízos.

(11) 2273-1985

E se você deseja descobrir ainda mais informações sobre como o conceito de Indústria 4.0 se encaixa na siderurgia, um setor industrial mais conhecido pela força bruta do que pela inovação…

Não deixe de ler a segunda parte desse nosso super artigo! 

Uma leitura clara e bem organizada e que irá aumentar consideravelmente seu campo de visão do mercado do aço já para os próximos anos.

Afinal, nosso desejo é que você se prepare para essa revolução que já está em curso e conte com parceiros em que possa confiar, utilizando cada vez mais a tecnologia a favor do seu negócio. 

Há uma série de benefícios e oportunidades que estão sendo criadas diariamente para as empresas que estão atentas às transformações dessa nova era.

E é justamente sobre isso que nós iremos tratar na segunda parte do nosso super artigo sobre a Indústria 4.0…

Nos vemos em breve!