Você sabe o que são indicadores de qualidade e como usá-los corretamente?

indicadores-de-qualidade

Com certeza você já ouviu falar em indicadores de qualidade. É bastante provável também que muitas vezes você tenha se questionado sobre o que é isso, qual a importância do assunto e quais os principais indicadores para o seu empreendimento.

Sabendo que fazem parte de uma estratégia que pode melhorar muito os resultados de uma empresa, confira neste artigo tudo sobre o assunto e saiba quais são os melhores indicadores de qualidade da gestão para aplicar na sua indústria!

O que são indicadores?

Conhecidos também como KPIs – Key Performance Indicator – os indicadores de qualidade nada mais são do que ferramentas que permitem uma minuciosa medição da produtividade e da concretização dos objetivos empresariais.

Em outras palavras, esses indicadores são recursos que ajudam no monitoramento de toda a empresa, avaliando a sua performance e destacando tudo aquilo que ainda pode ser, de algum modo, melhorado internamente.

É importante destacar ainda que os indicadores de gestão da qualidade devem sempre relatar números e dados concretos como resposta de sua análise e jamais opiniões. Por isso, é indispensável também que cada empresa defina quais são os melhores para si, a fim de que possam, através de seus resultados, encontrar boas alternativas para melhorar e crescer.

Os indicadores de qualidade precisam ser práticos e ágeis em demonstrar o quão perto, ou quão longe, a empresa está de alcançar os seus principais objetivos.

De acordo com o que é apresentado nos relatórios dos KPIs, viabilizam-se alterações e reformulações do planejamento estratégico de modo que fique sempre o mais alinhado possível com a realidade do empreendimento.

A importância dos indicadores de qualidade

Aumentar a produtividade e melhorar a qualidade. Esses são os dois principais tópicos que demonstram a importância dos indicadores de qualidade dentro das empresas.

E vale dizer que todos os negócios – independente do segmento ou porte – devem contar com recursos que meçam essas questões em específico. Afinal, todos possuem clientes e todos comercializam algum tipo de mercadoria ou serviço, não é mesmo?

Internamente falando, trabalhar com tais modelos proporciona a oportunidade de antecipar problemas ou ainda, de visualizar bons cenários. Ambos os casos requerem planejamento!

Os indicadores de gestão da qualidade são importantes, por fim, para as empresas que desejam receber a certificação ISO 9001. Alguns dos KPIs são fortes indicativos que atestam se a organização possui um alto padrão de desempenho que a torne merecedora do selo.

Quais são os principais indicadores de gestão da qualidade?

São muitos os indicadores de qualidade disponíveis atualmente para utilização e eles medem, no geral, tanto os processos internos – como a produção e o clima da empresa – quanto àquilo que é posteriormente percebido pelo cliente e pelo mercado.

Confira a seguir quais são os 7 principais indicadores para as indústrias e demais segmentos:

1.   Competitividade

Esse indicador mede o nível de competitividade da sua empresa perante o mercado do qual faz parte, sendo possível utilizar-se de várias métricas para obter tais resultados como uma análise do mercado, valores comercializados entre as empresas, tipos de propaganda e etc.

1.   Índice de turnover

Focado no clima do ambiente interno o índice de turnover demonstra o número de funcionários que estão abandonando a empresa e é indispensável para uma gestão de pessoas mais assertiva em suas práticas visto que, cada saída, de alguma forma, gera prejuízo interno.

2.   Ociosidade

Quanto tempo determinada máquina ou linha de produção fica parada, sem produzir nada, e por que acontece isso? Seja porque alguns equipamentos estragam ou falta de serviço, trabalhar esses períodos é importante e aumenta os resultados.

3.   Percentual de lucro

Indispensável, toda empresa precisa saber qual está sendo o seu percentual de lucro a fim de trabalhar melhor com os valores no mercado, realizar investimentos ou cortes conforme esse índice, entre outros.

4.   Produção

Para as linhas de produção e indústria, um dos mais importantes indicadores é o da produção. Ele indica quantas peças estão sendo produzidas, qual o tempo estimado para que essa produção possa ocorrer e outros detalhes que podem ser usados de modo estratégico.

5.   Qualidade

Outro dos mais importantes e indispensáveis indicadores, o de qualidade é auferido em dois momentos: No setor de qualidade em que se verificam quais peças podem seguir para o mercado e posteriormente com a avaliação do cliente, sendo importante ficar atento ao feedback dos consumidores.

6.   Valor do ticket médio

Relacionado diretamente ao momento da venda, o ticket médio indica a média de gastos – em reais – por cada cliente. Quanto maior esse número, menor o número de clientes que precisam comprar mensalmente para sustentar o negócio.

Como usar os indicadores a favor da empresa?

De nada adianta ter todos esses indicadores de gestão da qualidade se a empresa não souber como, de fato, utilizá-los. Para fazer uso de sua capacidade, é indispensável que o gestor saiba ler os resultados – os relatórios – desses indicadores, caso contrário apenas se perderá tempo.

Mais do que medir o que está acontecendo internamente na empresa, é necessário formar planos de ação que ou corrijam ou otimizem o que está sendo mostrado pelos números.

A oportunidade é ótima para quem deseja o sucesso empresarial, entretanto é preciso saber como administrar tudo isso para que os indicadores de qualidade sejam degraus para a conquista dos objetivos e não pedras que simplesmente estão pelo meio do caminho.

Pré-requisitos de um indicador

Por fim, vale ressaltar que existem alguns pré-requisitos a serem cumpridos pelos indicadores, a fim de que eles realmente atinjam os resultados desejados quando aplicados. No geral, eles precisam ser eficazes e eficientes para atender as necessidades da empresa.

Devem ser, portanto, fáceis de entender, precisam ser representativos de uma situação predeterminada, devem testar o negócio, precisam levar em conta o aspecto econômico e devem estar preferencialmente ligados e compatíveis entre si.

Toda vez que um indicador de qualidade deixar de fazer a sua função tal como esperado é preciso reavaliar e até mesmo trocar o KPI a fim de não prejudicar o ambiente interno!

Como você pode ver, saber como utilizar indicadores de qualidade é indispensável para otimizar e profissionalizar os processos internos do negócio. Aproveite para comentar qual o tipo de indicador perfeito para a sua indústria e troque experiência com outros leitores!

Share:

Deixe uma resposta