Qual a importância do controle de custos na metalúrgica e como desenvolver?

gestao-de-custos-metalurgica

O controle de custos na metalúrgica é tão importante quanto em qualquer outro empreendimento. Afinal, especialmente na produção, quando alguns cuidados não são tomados, é possível verificar gastos desnecessários tanto de recursos financeiros quanto de tempo. Otimizar tais processos é determinante para o sucesso.

Confira neste artigo o que é gestão de custo e veja dicas sobre como fazer um sistema de custos metalúrgicos de modo mais eficiente. Aproveite a leitura para entender sobre a gestão de custos metalúrgicos e diminua os prejuízos do negócio.

O que é gestão de custos?

Diretamente ligados à produção, os custos fazem parte do processo produtivo de todos os tipos de negócio. Dentro da metalúrgica, o dinheiro deve ser usado de forma planejada e estratégica suprindo as necessidades de mão de obra, matéria-prima, ente outros gastos.

Em resumo, a gestão de custos tem por finalidade garantir que o negócio tenha sempre a base necessária para manter a sua produção ativa. Esses custos podem ser subdivididos em grupos conhecidos como diretos, indiretos, fixos e variáveis. Veja a seguir a definição de tais custos:

Custos diretos e indiretos

O primeiro grupo dentro da gestão de custos da metalúrgica são os gastos diretos e indiretos. Basicamente, esses custos estão ligados ao produto, seja de forma direta ou indireta, como o próprio nome já diz.

Um exemplo de custo direto é a mão de obra que é paga para ficar na linha de produção, além dos insumos necessários para que a produção aconteça. Por sua vez, os custos indiretos podem ser as despesas para alugar maquinários para a produção ou até mesmo para comprar materiais que estão indiretamente relacionados à produção.

Custos fixos e variáveis

Segundo grupo presente na gestão de custos da metalúrgica, é necessário olhar com atenção também para os fixos e variáveis. Ao contrário dos primeiros, estes devem ser supridos pelas vendas do produto, tendo o valor já embutido no momento da precificação.

Os custos fixos comuns das metalúrgicas são aqueles como, por exemplo, o aluguel do espaço, manutenção, pagamento dos salários dos demais colaboradores e gastos com energia, água e luz.

No que se refere aos custos variáveis, como o próprio nome sugere, existe uma variação que nem sempre está prevista, entretanto que deve constar no plano de contingência do negócio. Tais custos são comumente aplicados ao pagamento de comissões, gastos com fretes e outros.

O que fazer para manter o controle correto dos custos?

Agora que você sabe quais são os principais grupos de custos de produção de uma metalúrgica, é chegada a hora de conferir algumas dicas sobre o que fazer para manter o controle sempre em dia, diminuindo os erros e falhas. Acompanhe:

1.      Analise periodicamente os custos

Por mais que você não enxergue diferenças notáveis nos processos de produção, é sempre importante e válido manter uma rotina de análise periódica dos custos. Isso porque alguns deles costumam mudar aos poucos e, tal como uma bola de neve, oferecem prejuízos.

Por isso, determine de maneira estratégica qual é a melhor forma de acompanhar os custos e também qual a periodicidade deste acompanhamento.

Quando a metalúrgica percebe rapidamente pequenas mudanças, especialmente financeiras, é mais fácil conduzir o processo de produção de modo a se manter positivo, sem acumular déficits para o empreendimento de forma geral.

2.      Confira as matérias-primas

Você já tem seus fornecedores e está satisfeito com a matéria-prima que utiliza? Que bom! Mas, quem disse que devido a isso a empresa não precisa mais pesquisar e se manter atenta a novas oportunidades? Que tal continuar as negociações?

Além de fechar melhores valores, conferir as matérias-primas é sempre uma boa oportunidade para encontrar aquelas que estão com uma qualidade melhor. Não se esqueça de que o mercado muda, e se moderniza, constantemente.

3.      Mantenha-se de olho nos equipamentos de produção

O mesmo da dica anterior se aplica aos equipamentos que são usados diretamente na linha de produção. Será que sua metalúrgica não está perdendo tempo e espaço por não utilizar equipamentos mais modernos?

É claro que adquirir novos equipamentos requer um bom planejamento, visto que estes costumam ter um alto valor aquisitivo. Ainda assim, geralmente vale a pena trocar os equipamentos de tempos em tempos para fazer uso daquilo que existe de mais moderno.

4.      Qualidade nos registros e apurações

O sistema de custos da metalúrgica precisa ser acompanhado de perto para que seja profissionalizado. Isso significa que mais do que acompanhar tudo o que foi mencionado até agora, é necessário também fazer registros que sirvam para posteriores apurações.

A gestão de custos de uma metalúrgica sofre variações uma vez que está em relacionada à alta e à queda de moedas como o dólar. Por isso, é sempre importante manter um bom registro.

5.      Envolva a equipe para diminuir custos

Por fim, não menos importante, se a metalúrgica está precisando economizar, ou seja, diminuir custos, é sempre válido dar a dica de envolver toda a equipe, desde o alto escalão ao chão de fábrica, para ter bom resultados.

Dificilmente o gestor pode fazer algo sozinho, a não ser impor regras e cortes o que, vale destacar, nem sempre traz verdadeiros resultados para dentro da linha de produção.

O mais ideal, portanto, é conscientizar a todos os envolvidos sobre a importância de diminuir custos para que a empresa mantenha a sua lucratividade e ritmo de crescimento. Também é válido destacar que essa retração de custos possibilita manter a concorrência direta no mercado, fundamental para ter e atrair mais clientes, certo?

Falta de controle leva ao prejuízo

Você sabe o quão importante é fazer o controle de custos na metalúrgica. Na falta de sua correta gestão, é provável que a empresa tenha muitos prejuízos, tais como precificar seus produtos de modo equivocado podendo levar inclusive à falência.

Sendo assim, a gestão de custos deve coincidir com a realidade do negócio. Para começar de forma eficiente a análise do sistema de custos da metalúrgica nada melhor do que descobrir formas de negociar com os compradores. Aproveite para baixar um conteúdo completo a respeito do assunto e controle melhor os seus custos metalúrgicos.

Share:

Deixe uma resposta