O novo papel da tecnologia na indústria metalúrgica e como usá-la a favor do negócio!

tecnologia-na-industria-metalurgica_2

A Era Digital chegou para ficar em todos os setores. Hoje, a tecnologia na indústria metalúrgica já é uma realidade palpável que pode fazer com o que o negócio continue seu processo de expansão ou simplesmente desapareça, perdendo lugar para a concorrência que investe.

Decidir de qual desses lados sua empresa deseja estar é apenas o primeiro passo dentro da era da agilidade. É preciso saber como usar da tecnologia na indústria metalúrgica, traçar estratégias e avaliar possíveis riscos. Vale a pena aderir às tecnologias?

Por mais que o seu negócio esteja no topo, lembre-se de que o mercado tem mudado rapidamente. Desta forma, o não investimento ou simplesmente a falta de preocupação em manter-se atualizado pode sim ser a ruína de qualquer empreendimento.

Entender a indústria 4.0 é fundamental para quem deseja usar a tecnologia a favor do negócio. Leia mais!

Indústria 4.0: Um conceito a se conhecer

Enquanto muitos ainda pensam que estão vivendo a 3ª Revolução Industrial, a verdade é que, desde 2011, em uma Feira em Hannover, anunciou-se o termo indústria 4.0. Basicamente, o conceito é de que agora é necessário fazer conexões entre os processos produtivos.

A intenção é, portanto, criar redes inteligentes que ajudam a otimizar o dia a dia de serviço e também colaboram com excelentes resultados. Tratando-se da tecnologia na indústria metalúrgica isso pode acontecer de várias formas como, por exemplo, através da conexão entre sua empresa e seus fornecedores para que a cadeia de produção nunca pare por falhas de comunicação.

Exemplos da tecnologia industrial

Mas, quanto a tecnologia tem impactado quando o assunto é a indústria? É claro que enxerga-se com maior facilidade a evolução tecnológica em aparelhos eletrônicos, como celulares e computadores. Mas, afinal, quais são os impactos nas metalúrgicas, por exemplo?

Primeiramente, na prática, a tecnologia na indústria metalúrgica pode ser vista na:

·        Autonomia para as máquinas

Olhe para o passado da indústria e faça um comparativo com os dias de hoje. É evidente que as coisas mudaram muito de uns tempos para cá. Hoje as máquinas realizam inúmeras funções sem qualquer tipo de auxílio humano. Para fabricar carros, por exemplo, quase não se vê pessoas na linha produtiva, já que as máquinas têm autonomia.

Sendo assim, a autonomia para máquinas é uma excelente maneira de otimizar o serviço dentro da indústria. As máquinas conseguem ser bastante precisas e eficientes. Além disso, apesar do alto investimento, muitas vezes necessários, diminui a necessidade de mão de obra humana.

·        Procura por novos mercados

A oportunidade de lançar novos produtos está sempre disponível para as indústrias e empresas de modo geral. Portanto, que tal olhar com mais atenção, utilizando-se das novas tecnologias, para novos mercados?

Inúmeras empresas respeitadas e de renome estão em mais de um segmento como, por exemplo, a Coca-cola que tem linhas até mesmo no setor têxtil. Seu negócio não precisa necessariamente investir em um novo mercado, mas a partir das novas tecnologias é imprescindível manter-se atento a cada uma delas.

·        Qualidade dos processos e do produto final

Por fim, é importante mencionar ainda que os investimentos em novas tecnologias colaboram diretamente com o produto e com a percepção do cliente sobre a empresa. A qualidade é melhorada e, com isso, o negócio tende a ganhar espaço especialmente se as modernizações forem feitas rapidamente, até mesmo antes da concorrência!

É importante que o seu cliente saiba o quanto a empresa está antenada com o lançamento de tecnologias diversas e pronta a oferecer melhorias em seus processos produtivos.

Tecnologias disruptivas

Para encerrar, é válido definir o que são tecnologias disruptivas, um termo cada vez mais comum e que, se você ainda não ouviu, em breve fará parte do seu vocabulário. Lançamentos disruptivos nada mais são do que tecnologias inovadoras e até mesmo virtuais.

Quer um exemplo? Os relógios Apple Watch e também os lançados por outras marcas. Esse é um caso de tecnologia disruptiva e que rapidamente caiu nas graças do público que, agora como se não bastasse o celular, tem suas informações armazenadas por esta tecnologia.

O lançamento ininterrupto de modelos de drones também demonstra o quão rápido está o caminhar da humanidade rumo a tecnologias cada vez mais de ponta.

Mas, o que tudo isso tem a ver com o seu negócio?

Independente do segmento ou do porte, a tecnologia na indústria metalúrgica deve ser vista como uma oportunidade, uma estratégia de crescimento para o seu negócio. Por isso, nunca subestime o que é lançado no seu setor de atuação.

Pelo contrário, mantenha sempre uma rotina de investimentos que possibilitem que a empresa tenha tecnologias de ponta com que trabalhar. Infelizmente, 42% das indústrias ainda não aceitam a importância das novas tecnologias. Faça parte dos 58% que já entenderam a importância dos investimentos contínuos para o crescimento do negócio!

Gostou das dicas e informações sobre a tecnologia na indústria metalúrgica? Se este tema lhe foi interessante, aproveite para conferir também as principais técnicas infalíveis da negociação para compradores de aço. O E-book é gratuito, basta clicar para baixar!

Share:

Deixe uma resposta