Networking: Uma poderosa ferramenta para compradores de aço

networking

Você sabia que é possível fazer networking no segmento da indústria de aço? Muitos podem achar que networking não se aplica a indústrias fabris, mas a realidade é que ter uma rede de contatos é fundamental em qualquer ramo.

Investidores, clientes, sócios, parceiros… Todos eles chegam até você através de conexões de negócio. Por isso, o networking é muito mais do que apenas colecionar contatos, é criar e nutrir uma rede de pessoas que você possa contar futuramente e gerar novos negócios.

No entanto, para obter benefícios ao usar essa estratégia é necessário ficar atento a alguns detalhes que podem ser essenciais e fazer muita diferença na hora de fortalecer e nutrir a sua rede de contatos.

Quer entender mais sobre o que é networking e sua importância? Então continue acompanhando este artigo!

O que é Networking?

Network é um termo que vêm do inglês (“net” é rede em inglês e “work” é trabalho) e pode significar rede de relacionamentos ou rede de contatos.

Basicamente, é uma maneira de cultivar e nutrir contatos profissionais em diversos âmbitos e poder contar futuramente com essas relações. Seja para realizar negociações comerciais, aproveitar oportunidades no mercado de trabalho, conseguir investimentos e etc.

Cada conexão é uma oportunidade para expandir a sua rede de contatos. Entretanto, não espere que as oportunidades vindas dessas conexões apareçam sozinhas, é necessário criá-las. Ou seja, participar de eventos, fóruns de discussão, meetups, promover reuniões, encontros e demais eventos que proporcionem interação com novas pessoas e profissionais.

Mas, ainda assim, participando de eventos e gerando conexões, tome cuidado! Não se esqueça de que quantidade não significa qualidade.

Por exemplo, se você é um comprador de aço, criar conexões com gerentes de indústrias de cosméticos pode não ser muito vantajoso para você, entende?

É claro que você não deve se aproximar dos contatos somente com a intenção de obter um benefício. No entanto, tente se aproximar de pessoas próximas à sua linha de trabalho.

Portanto, tenha cuidado! Não é porque você possui mais de cinco mil contatos em suas redes sociais que está fazendo networking da forma adequada.

Lembre-se de que contatos sem relacionamento serão apenas contatos! Entenda que não adianta ter o e-mail do presidente de uma grande empresa de aço se o mesmo sequer lê sua mensagem ao recebê-la.

Qual a importância do networking para a carreira e para os negócios?

É ótimo pensar em contatos como uma forma de aumentar o ciclo social e promover relacionamentos, não é mesmo? Quando falamos sobre contatos profissionais isso é melhor ainda.

Afinal, não há outra forma de gerar negócios, atrair clientes, vender, conseguir investimentos, entre outras ações, senão fazendo conexões com pessoas relacionadas ao nosso trabalho.

Partindo dessa ideia, conseguimos entender previamente como o networking é fundamental para fortalecer as relações profissionais para se atingir os objetivos de dois pontos:

1. Carreira

Conviver e criar conexões com pessoas inspiradoras e criativas é uma ótima oportunidade para qualquer pessoa aprimorar suas ideias e fazer crescer ainda mais o seu potencial criativo.

Para compradores de aço ou gerentes de compras, conectar-se com outros compradores e gerentes pode ser uma ótima forma de aprimorar seus conhecimentos em processos de

compras, conhecer novos produtos que estão e melhorar as oportunidades de crescimento pessoal e profissional.

Isso porque o networking é pautado principalmente na troca de informações, conhecimentos e experiências. Dessa forma, você não só ganha como também pode oferecer conhecimento.

O networking para compradores pode funcionar muito quando bem utilizado!

2. Negócios

No mundo dos negócios e também nas indústrias de aço, o networking é muito importante. Principalmente para quem está começando a empreender, ter uma rede de contatos é essencial.

Buscar parceiros que tenham a mesma visão que você é uma atitude que pode começar muito antes de definir o que você vai oferecer ao mercado.

Afinal, quem nunca fez planos de viajar com os amigos no fim de semana ou comprar ingressos para determinado show?

Esse tipo de relação é muito comum na vida pessoal, não é mesmo? É tão fácil participar de grupos sociais que nos identificamos, então, por que não utilizar esses canais para fortalecer nossa imagem profissional?

Mas, nas relações comerciais, essas ideias precisam ser bem estruturadas para ganhar forma e precisam ter também as pessoas certas e que buscam coisas em comum.

Se você divulga em suas redes sociais, por exemplo, que trabalha com aço, quando alguém precisar de serviços ou trabalhos relacionados ao que você oferece ou souber de alguém que precisa, certamente indicará você.

O segredo então é pensar em como você pode estar relacionado com a sua rede. Veja isso no próximo tópico.

Como desenvolver networking no dia a dia?

O primeiro passo é utilizar as redes sociais, principalmente o LinkedIn. Mas, você deve utilizá-lo da maneira correta, indo a eventos que realmente tenham relação com a sua carreira ou empresa. Os compradores de aço e gerentes de compras, por exemplo, devem ir a eventos relacionados à indústria do aço.

Lá você com certeza você conhecerá muitos profissionais que poderão agregar futuramente ao seu negócio. Por isso, foque nas qualidades das conexões e não na quantidade, afinal o LinkedIn não é um Facebook profissional onde você precisa ter mil amigos. Lembre-se sempre de buscar pessoas que tenham interesses em comum.

Seja útil a essas conexões também, não espere somente obter algum benefício. Se alguém precisar, ajude-o sem querer nada em troca. É muito provável que essa pessoa jamais se esqueça de você e que ela entrará em contato futuramente.

Além disso, sabe aquele ditado “quem não é visto não é lembrado”? Pois bem, isso se aplica ao networking também. E a melhor maneira de “ser visto” é participando ativamente das redes sociais. Portanto, mantenha suas redes atualizadas e publique conteúdos que sejam relacionados e de interesse da sua rede de contatos.

Também é necessário fazer o seu papel fora da web também, conforme citamos no início. Mas, como? Participando de eventos, reuniões, meetups. Você mesmo pode promover encontros com a sua rede de contatos.

Afinal, se todos têm o mesmo interesse, boas oportunidades podem surgir. Lembre-se de que o networking para compradores pode ser uma ótima oportunidade.

Por fim, não deixe de falar da sua empresa, mas procure ter uma abordagem criativa, sincera e respeitosa. Tome cuidado para não constranger ninguém e para não ser invasivo. Fale de forma sútil sobre negócios sem utilizar um discurso vendável.

Fazer networking não é tão difícil quanto parece. É necessário apenas adotar pequenas estratégias nas redes sociais e nas relações comerciais que poderão ajudá-lo a ter mais sucesso na sua carreira e nos negócios. Para saber mais sobre o assunto, baixe agora mesmo o eBook negociação para compradores!

Share:

Deixe uma resposta