Indústria Analytics e a entrada da indústria 4.0

industryvv

O termo indústria 4.0, ou quarta revolução industrial, como também é chamada, teve origem em 2011 a partir de um projeto estratégico de alta tecnologia desenvolvido pelo governo alemão, que tinha como foco promover a informatização da manufatura e, por consequência, um aumento da produtividade e lucratividade dos negócios.

Inteligência artificial, máquinas conectadas e robôs colaborativos fazem parte desta nova revolução industrial. Entretanto, a chegada da internet e os benefícios que ela gera para a indústria, trouxeram clientes mais exigentes, que buscam qualidade e customização por um preço cada vez menor, obrigando, portanto, a cadeia produtiva a ser mais eficiente.

Por isso, atualmente, por meio da tecnologia inovadora, é possível adicionar uma série de benefícios ao chão de fábrica. Entretanto, é importante estar alerta. Isso porque quando falamos sobre um mercado cada vez mais competitivo e sem erros, é necessário compreender, de fato, quais tecnologias trarão benefícios e retorno sobre o investimento, o chamado ROI.

Com base nisso, a Indústria Analytics é considerada o principal portal de acesso à indústria 4.0. Dessa forma, neste artigo falaremos mais a fundo sobre a Indústria Analytics e a entrada da indústria 4.0 de uma vez por toda nas cadeias produtivas das empresas, desde pequenas até as multinacionais. Acompanhe.

Inserção da Industrial Analytics

A BirminD, uma das melhores startups do Brasil que atua na prestação de serviços de automação industrial, focada em trazer os conceitos mais avançados de Industrial Analytics considera a vertical da Indústria Analytics como o principal portal de acesso à Indústria 4.0.

Isto é, por meio de dados já existentes, é possível trazer uma série de insights momentos de clareza da mente como uma ideia, entendimento ou compreensão repentina sobre algo – e, com isso, é possível definir quais soluções e tecnologias irão gerar os benefícios desejados.

Nesse sentido, é possível que saibamos identificar e diferenciar os dados de inteligência. Por exemplo, um sensor que indique 92 graus, embora seja importante, não é o suficiente para tomar uma decisão que implique na parada momentânea da produção.

No entanto, transformar esse dado em um alerta de temperatura alta, é importante para indicar que há uma grande probabilidade de falha no motor de uma máquina no chão de fábrica e, desta forma, é possível enviar um SMS ou um alerta ao gestor informando que uma parada na operação poderia lhe custar dinheiro.

Além disso, ensinar ao operador de máquina por meio da realidade aumentada, permite a ele consertar o equipamento antes mesmo que ele quebre, proporcionando, desta forma, uma performance que trará mais produtividade e o dobro de lucro ao negócio, por exemplo. É este fator que difere uma indústria tradicional de uma indústria inteligente. No entanto, esse é um longo caminho a ser trilhado.

Ainda, apesar de haver grande esforço das empresas de tecnologia para criar soluções intercomunicáveis e robustas para o ambiente industrial, implementar a digitalização de toda uma fábrica demanda grandes investimentos e também de stakeholders – grupos de interesses em projetos. Como consequência desse processo de mudança, grande parte do cotidiano das operações ainda está em planilhas ou muitas vezes no papel e caneta.

Soluções para otimizar o chão de fábrica

Pensando nessa mudança, diversas soluções foram criadas para otimizar financeiramente o chão de fábrica. Dessa forma, os dados das planilhas são passados automaticamente via PLC, MES ou ERPs.

Assim, em poucos cliques dentro do sistema o usuário consegue descobrir as melhores oportunidades de economia financeira, identificar a causa raiz das principais ineficiências da operação, os pontos positivos e, desta forma, encontrar soluções de melhoria e até mesmo simular cenários futuros de atuação.

O fato é que com a adoção dessas tecnologias e com os dados em mãos fica muito mais fácil planejar e justificar a compra de novos equipamentos, além de planejar manutenções preventivas no maquinário e até mesmo definir quais tecnologias devem ser utilizadas para resolver os problemas identificados.

A inteligência artificial na indústria de um jeito diferente

A inteligência artificial é uma das principais tecnologias que tem sido aplicada em diversas áreas com o intuito de aproximar e otimizar o contato da máquina com o homem, seja por meio do reconhecimento de fala, classificação de imagens, detecção de objetos ou mesmo sistemas interativos que parcialmente são alimentados por “deep learning”, uma classe de algoritmos de aprendizagem de máquina.

Hoje, a proposta das empresas de tecnologia de automação industrial é trazer a inteligência artificial para a indústria a partir de um conceito que torne as máquinas e os processos mais independentes das ações humanas, além de máquinas mais confiáveis e eficientes.

Soluções BirminD

A BirminD é uma empresa de otimização industrial que foi criada por profissionais experientes no mercado de automação e controle de processos. Como já mencionado, é considerada uma das melhores startups industriais por entidades como 100Open Startups, 100 Startups to Watch, Startout Brasil (Paris – 2017 e Berlim – 2018).

A solução da BirminD para a entrada na indústria 4.0 foi desenvolvida para as empresas que já desejem de imediato iniciar sua jornada rumo à digitalização. Além disso, a precificação foi criada com um preço acessível, na qual quanto mais as empresas emitem relatórios por mês, menos elas pagam.

Por isso, contam com grandes parceiros como a SAP e a Dimensional para proporcionar ainda mais credibilidade e segurança aos clientes. A solução BirminD é certificada pela própria SAP, além de possuir um sólido background em diversos segmentos industriais. Com isso, a solução é considerada a porta de entrada para todas as indústrias que buscam compreender melhor quais tecnologias atuais de fato irão gerar benefícios para a sua empresa.

Portanto, o objetivo maior é democratizar o acesso das empresas à inteligência artificial. Por meio dessas soluções, até mesmo um leigo ou as empresas que estão começando o acesso à indústria 4.0, sejam capazes de obter insights poderosos sobre como melhorar a performance de seus processos industriais, reduzindo ainda os custos e os impactos no meio ambiente.

Todas essas soluções são desenvolvidas de modo que as empresas possam definir as melhores tecnologias a serem utilizadas, usufruir dos benefícios de tais soluções com poucos cliques e contar com um preço acessível.

Share:

Deixe uma resposta