Dicas de como fazer o pedido de compra de aços planos revestidos

assinar-doctos

A compra de aços planos vem crescendo gradativamente de acordo com o Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço. Em agosto de 2017, segundo levantamento do Inda, o setor teve uma alta de 19,2% em relação ao mês anterior e um crescimento de 4,6% comparado ao ano passado.

Tal crescimento também traz exigências maiores às empresas que fabricam e fornecem este tipo de material. Pois, além da exigência com a boa conformabilidade, a indústria metalúrgica requer produtos com alta resistência à corrosão.

Nesse sentido, os aços galvanizados e de liga zinco-ferro são as melhores escolhas. Eles apresentam maior resistência à corrosão no transporte, manuseio e também às condições atmosféricas.

Entretanto, na hora de comprar aços galvanizados, podem surgir muitas questões em sua cabeça. Afinal, esse material é o que apresenta mais particularidades como: massa de revestimento, tipo de cristal, proteção superficial e entre outras. Para ajudá-lo, veja neste post como fazer o seu pedido de compra de aços planos revestidos sem erro.

Acompanhe quais dados devem aparecer nesse documento e o significado das principais nomenclaturas. Também separamos dois exemplos práticos para não restar mais dúvidas a esse respeito. Confira!

Como preencher o seu pedido de compras de aço?

O aço galvanizado apresenta muitas particularidades na hora de montar o pedido de compras e, por isso, podem surgir muitas dúvidas na hora de preencher esse documento. Mas não se preocupe!

Separamos os requisitos que devem aparecer em sua ordem de compra de aço plano revestido. Confira as exigências da Norma ABNT NBR 7008 e tire todas as suas dúvidas na hora da compra!

1.  Forma de entrega

A forma como o pedido de compras deve ser entregue em relação ao formato das peças de aço como: bobinas, chapas, rolos ou lâminas. Também deve constar nessa parte do documento as limitações dimensionais e de massa por bobina, ou fardo de chapas.

2.  Quantidade

A quantidade das peças solicitadas no pedido de compra em quilogramas ou toneladas, dependendo do volume solicitado.

3.  Dimensões nominais

Aplicado especificamente aos pedidos de compra de chapas de aço. Os valores devem ser expressos em milímetros (mm) e referem-se a espessura, largura e comprimento das chapas encomendadas.

4.  Número da norma e o ano de sua publicação

O número da norma relacionada ao pedido e o ano de sua publicação. Veja todas elas aqui!

5.  Designação do aço

Também chamado de Grau do aço, são classificados em:

  • Qualidade comercial (ZC);
  • Qualidade de perfilagem (ZP);
  • Qualidade de estampagem média (ZE);
  • Qualidade de estampagem profunda (ZEE);
  • Qualidade estrutural (ZAR).

6.  Tipo de cristal ou revestimento

O próximo passo é informar o tipo de revestimento do aço no pedido de compras, podendo este ser de cristais normais ou minimizados. Veja mais detalhes de ambos os revestimentos, a seguir:

  • Cristais normais (N): revestimento do aço obtido pelo crescimento dos cristais de zinco pela solidificação normal. Dependendo do processo utilizado pode apresentar diferentes tamanhos de cristal ou brilho e até falta de cristalização. Porém, essas características não interferem na qualidade final do revestimento.
  • Cristais minimizados (M): controla o crescimento dos cristais por processos adequados e, por isso, tem menor variação que o revestimento de cristais normais.

7.  Massa de revestimento

Trata-se do revestimento de liga de zinco-ferro das peças encomendadas no pedido de compras de aço. A soma das duas fases da peça é que representa a massa mínima de revestimento, elas podem ser:

  • Z 85 / ZF 85
  • Z 100 / ZF 100
  • Z 140 / ZF 140
  • Z 180 / ZF 180
  • Z 225
  • Z 275
  • Z 350
  • Z 450
  • Z 600

8.  Qualidade superficial

Refere-se às características visuais das peças encomendadas no pedido de compra de aço e a tolerância do comprador a pequenas falhas e defeitos, provenientes do processo de fabricação. Também deixa claro se a peça é de superfície exposta ou não exposta, podendo ser de superfície 1, 2 ou 3.

Superfície 1

A tira é exposta ao laminador de encruamento em uma de suas faces, quando os aspectos visuais da superfície do tipo 2 ainda não estão de acordo. Esse tipo de qualidade superficial é indicado para casos de alta exigência estética, especialmente para pintura.

Superfície 2

A tira é passada por um laminador de encruamento quando as características superficiais do tipo 3 não atendem os pré-requisitos da ordem de compra. Esse acabamento pretende diminuir as linhas de distensão e quebras na superfície da peça. Contudo, pequenos arranhões, marcas e outros defeitos leves são tolerados.

Superfície 3

Apresentam quebras superficiais, pequenos pontos, depressões ou relevos decorrentes do processo de revestimento empregado nas peças. Também pode conter pequenas manchas oriundas do tratamento químico utilizado.

9.  Tipo de proteção superficial

As peças de aço zincadas que passam pelo processo de imersão a quente e com liga de zinco-ferro recebem uma proteção superficial para retardar a oxidação.

A proteção varia de acordo com as condições do local que serão aplicadas (clima, transporte e manuseio) e precisam ser utilizadas logo após o recebimento. Os tipos de proteção da superfície da peça podem ser: tratamento químico, oleamento ou ambos. Veja mais detalhes dessas três opções, a seguir:

Tratamento químico (TQ)

O processo inibe a oxidação branca das peças de aço, mas pode causar uma descoloração na superfície que não causa prejuízos à qualidade e resistência do produto.

Oleamento (OL)

Já no oleamento é empregada uma película de óleo para proteger a superfície do material, uma camada facilmente removível com soluções alcalinas.

Tratamento químico e oleamento (TQ + OL)

A junção dos dois tipos de proteção superficial, tratamento químico e oleamento, com o intuito de dar mais resistência à oxidação.

10.  Uso e aplicação final do produto

A utilização que será dada às peças após a industrialização também deve ser registrada no pedido de compra do aço galvanizado. Alguns exemplos são: telhas, tubos, abraçadeiras, peças automobilísticas e etc. Essa informação ajuda a entender melhor as características exigidas das peças encomendadas.

Exemplos de pedido de compras de aços revestidos

Para deixar tudo mais claro, separamos dois exemplos de pedidos de compra de aço zincado. Eles expressam a sentença a ser colocada no pedido de compra, seguido da explicação de cada item adicionado.

As duas normas escolhidas referem-se à indústria automobilística. Veja mais detalhes de cada pedido nas ilustrações a seguir!

Exemplo 1: WOLKSWAGEN: VW50065

Contempla os laminados a frio ou por zincagem eletrolítica e por imersão. Essas peças são utilizadas desde a estampagem até materiais estruturais.

exemplo-pedido-de-compras-norma-vw50065

Exemplo 2: GMW3032

Cobre os materiais laminados a quente, a frio e revestidos. Contudo, as peças contempladas nessa Norma possuem tolerância de escoamento de 180 até 700 MPa. São muito utilizadas para criação de componentes automobilísticos.

exemplo-pedido-de-compras-norma-gmw-3032m

Depois de toda essa explicação e os exemplos de pedidos de compra de aços planos, não restam mais dúvidas na hora de fechar a sua ordem, não é mesmo? E por falar nisso, está pronto para fazer o seu pedido agora e contar com um fornecedor de alta qualidade?

Faça uma cotação com a Urifér e conte com nossa experiência de mais de 35 anos em aço. Entre em contato agora e receba seu pedido em até 4 dias úteis!

Share:

Deixe uma resposta