Cuidado: Essas atitudes podem estar acabando com a reputação da sua empresa!

reputacao-da-empresa

Existem algumas atitudes dos gestores e administradores que podem colocar a reputação da empresa em xeque. Mas, você sabe quais são elas?

No passado, poucas eram as empresas que realmente se importavam com a reputação de sua marca perante seus clientes, fornecedores, colaboradores e sociedade. Muitas eram detentoras de monopólio do setor e, por essa razão, não se viam ameaçadas.

Contudo, com o avanço da era da informação, e mais precisamente com a chegada da era digital, a competitividade em quase todos os setores está fazendo as empresas repensarem a maneira como são vistas pela sociedade como um todo.

Desse modo, passaram a procurar entender quais são as atitudes que afetam a sua imagem para então poder melhorá-la. Através de muitas pesquisas de mercado, chegou-se a um consenso sobre algumas posturas e atitudes em comum que normalmente afetam a imagem das empresas.

Nesse sentido, separamos neste artigo as principais ações que podem estar prejudicando a imagem da sua empresa tanto para os seus colaboradores e fornecedores quanto para os clientes. Veja mais!

Leia também: O impacto da greve dos caminhoneiros para a indústria do aço

Empresas muito ocupadas

Essa é uma das principais características de empresas que estão em mercados amplamente competitivos. Normalmente, os gestores passam o dia “apagando incêndio”, ou seja, buscando resolver os problemas que se apresentam diariamente.

Note que nesses casos a empresa não desenvolveu um planejamento estratégico, antecipando-se aos acontecimentos, o que poderia dar mais tranquilidade nas operações cotidianas e tempo para se relacionar com todos os agentes de mercado.

Nesse sentido, empresas com gestores muito ocupados normalmente não têm tempo para dialogar com os agentes externos, sejam eles fornecedores, clientes e sociedade como um todo. Em casos ainda mais crônicos, sequer há tempo de conversar com os próprios colaboradores.

Certamente essa é uma das principais posturas que sua empresa precisa evitar para se manter no mercado. Como? Investindo mais tempo em treinamentos sobre planejamento para gestores e possibilitando que eles desenvolvam planos em suas áreas de atuação antevendo o mercado.

Também é fundamental investir em pesquisas de mercado periodicamente. Com isso é possível ter uma antecipação dos fatos, fazendo com que a empresa consiga ter mais tranquilidade nas questões operacionais, tornando-se menos ocupada.

Não se renovar constantemente

Essa é, sem dúvidas, uma das principais atitudes que fazem uma empresa perder a reputação no mercado. Sabemos que na era digital, o processo de mudança está cada vez mais acelerado.

Segmentos novos surgem e outros acabam em uma fração de tempo muito pequena. Observamos isso ocorrer em mercados como vídeo locadoras, gravadoras e, mais recentemente, no mercado de táxi.

Parar no tempo, ou seja, não seguir as tendências tecnológicas do setor, é um dos fatores agravantes que podem manchar a reputação da empresa no mercado.

Desse modo, investir tempo e recursos em treinamentos constantes, em novas tecnologias e na aplicação de novos métodos é fundamental para que a empresa mantenha sua marca bem vista dentro do mercado.

Leia mais: Uso do EPI na Indústria: Importância e vantagens!

Não colocar o consumidor no centro da estratégia

Na atualidade, dentro do marketing digital muito se fala sobre Customer Experience e Customer Success. Tais conceitos se referem a colocar o cliente no centro das estratégias de marketing da empresa.

Dessa maneira, as empresas que não ouvem os seus clientes e colaboradores antes do lançamento de um produto estarão negligenciando esse fator. O resultado? Muitas vezes precisar refazer a estratégia e, em alguns casos, perder investimentos feitos com produtos que não foram bem aceitos.

Como consequência desse resultado, a empresa enfrentará uma má reputação da sua marca, que será atrelada a esse eventual insucesso.

Assim sendo, é fundamental colocar o cliente no centro das estratégias de mercado, entendendo suas dores, suas necessidades e seus desejos. Somente assim a empresa conseguirá ter um bom relacionamento e, consequentemente, vai melhorar a sua reputação no mercado.

Não cumprir as promessas

Outra negligência que pode afetar negativamente a reputação da empresa é o não cumprimento do que foi prometido. Isso serve para todos os agentes envolvidos no processo: fornecedores, colaboradores e clientes.

Logo, quando uma empresa desenvolve uma estratégia de lançamento, ou uma campanha sobre determinado produto, é fundamental que ela cumpra junto aos fornecedores o que lhes foi prometido, em relação a prazos de pagamento, bonificações e preço acordado, por exemplo.

Também é imprescindível que as bonificações dos colaboradores sejam cumpridas. E, por fim, entregar o produto ao cliente da maneira como foi divulgado, com os recursos que foram propostos e com a garantia que foi divulgada. Não cumprir as promessas é o pontapé inicial que poderá colocar sua empresa em um precipício sem fim.

Ter líderes e gestores mandões demais

Para finalizar a lista, colocamos o autoritarismo como uma das principais causas da má reputação de uma empresa no mercado. Empresas que são “mandonas” demais e não ouvem os agentes externos certamente estarão com seus dias contados.

Com o dinamismo do mercado, os líderes precisam ser participativos. Ouvir os seus colaboradores, entender o que pensam e qual a visão que possuem da empresa e da marca é essencial. Além disso, é importante também ouvir as dores e queixas dos clientes.

É fundamental também dar voz aos fornecedores para entender de maneira mais ampla a logística de abastecimento, evitando ditar as regras sobre prazos e preços, pois isso poderá fazê-los oferecer as novidades para outras empresas mais abertas ao diálogo.

Atitudes autoritárias estão cada vez mais ultrapassadas, e empresas que não se atentarem a esse ponto certamente estarão fora do mercado em bem pouco tempo.

Comece agora mesmo a construir uma boa reputação!

Agora que você já sabe o que pode estar manchando a reputação da empresa, chegou o momento de fazer um bom planejamento e mudar as peças do jogo. Então, não perca tempo e mãos à obra.

Comece agora mesmo fazendo uma autocrítica para procurar entender onde estão os principais pontos falhos dentro da sua organização e comece a mudá-los. Por mais dolorido que possa parecer esse processo, ele é fundamental para a reputação da empresa.

Além disso, nós da Urifér temos uma oferta especial aguardando você! Não perca esta oportunidade!

Share:

Deixe uma resposta