Conheça as Normas ABNT para fabricação e fornecimento de chapas e bobinas de aço

O Comitê Brasileiro de Siderurgia publicou Normas e procedimentos pertinentes ao setor, com o intuito de regularizar a encomenda, fabricação e fornecimentos do aço laminado a frio e a quente.

Essas normas foram elaboradas através de uma parceria entre o próprio Comitê (ABNT/CB), os Órgãos de Normalização Setorial (ABNT/ONS) e as Comissões de Estudo (CE). Esta última é responsável pela elaboração técnica das Normas.

Todas essas instituições reguladoras são formadas por representantes no mercado de aço, como: produtores, consumidores, e até mesmo, universidades e laboratórios. O objetivo é padronizar a fabricação desses materiais e garantir a qualidade.

Para o cliente, conhecer tais especificações, auxilia na compra de um material mais adequado às suas necessidades, bem como, atesta a garantia de conformação do produtor sobre as propriedades mecânicas da peça.

Em outras palavras, é mais tranquilidade para você, cliente. Afinal, sabe exatamente o que está comprando e tem pleno conhecimento que o material pode atender todas as especificações da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).

Ainda não conhece tais especificações? Não se preocupe!

Veja abaixo as normas NBR 5906, NBR 5915 e NBR 6656. Conheça as especificações de cada uma e tenha mais conhecimento na hora de comprar bobinas ou chapas de aço.

NBR 5906

A norma NBR 5906 se aplica as bobinas e chapas de aço produzidas por laminação a quente, com espessura igual ou superior a 1,50 mm.

As especificações e limitações desse processo estão previstas nas Normas ABNT NBR 11888 e NBR 11889. Nessas normas é possível conhecer os pré-requisitos para encomenda, fabricação, acabamento superficial, embalagem, marcação, certificado, garantia de conformação e dimensões toleradas.

As propriedades mecânicas do aço produzido sobre essa norma classificam-se em:

  • Estampagem média (EM);
  • Estampagem profunda (EP);
  • Estampagem profunda acalmada (EPA).

Em todos esses graus a peça deve apresentar especificações apropriadas para acabamentos na superfície. As finalizações mais utilizadas nesse processo são as pinturas e revestimentos metálicos.

As chapas e bobinas fabricadas de acordo com a NBR 5906 são aptas para processos de soldagem. No entanto, devem ser observadas as características do aço, as propriedades da peça e o procedimento mais indicado para solda. O sucesso desse processo depende diretamente da observação desses fatores.

É importante salientar também que em armazenagens prolongadas desses materiais podem ocorrer variações mecânicas e de conformabilidade nas peças.

Veja todos os requisitos das propriedades mecânicas da NBR 5906, na tabela abaixo:

nbr-5906-2008

Requisitos das propriedades mecânicas da NBR 5906

NBR 5915

Essa norma estabelece os parâmetros de fabricação e fornecimento de chapas finas, para estampagem, e bobinas de aço-carbono laminadas a frio. A espessura desses materiais deve ser igual ou inferior a 3,0 mm.

A encomenda, fabricação, tolerância de forma e dimensão devem seguir as especificações da Norma ABNT NBR 11888.

Os produtos produzidos com base nas especificações da Norma NBR 5915, correspondem aos seguintes grupos:

  • Aços para estampagem;
  • Aços isotrópicos e estruturais de extrabaixo carbono;
  • Aços endurecíveis em estufa;
  • Aços refosforados;
  • Aços microligados.

As chapas de aço correspondente a essa Norma também podem ser fabricadas em diferentes graus. De acordo com as suas especificações, elas podem ser classificadas em:

  • Estampagem moderada (EM);
  • Estampagem profunda (EP);
  • Estampagem extraprofunda (EEP);
  • Estampagem extraprofunda em peças críticas (EEPPC);
  • Estampagem extraprofunda com aço IF (EEPIF).

As chapas finas ainda podem receber um acabamento brilhante, fosco ou áspero em sua superfície. Sendo o acabamento fosco o mais comum na estampagem.

Esses materiais são resistentes à solda, no entanto, devem ser observadas as especificações do aço e os procedimentos adequados para cada tipo de trabalho.

Confira as propriedades mecânicas das chapas e bobinas produzidas sobre esta norma, na tabela a seguir:

nbr-5615-2013

Requisitos das propriedades mecânicas da NBR 5915

NBR 6656

A NBR 6656 firma os parâmetros para fabricação e encomenda das chapas e bobinas laminadas a quente, com espessura igual ou superior a 2,0 mm.

Esses aços se destacam por sua característica estrutural e maior conformabilidade. Além disso, os produtos contam com ligas de Silício (Si), Nióbio (Nb), Vanádio (V), Titânio (Ti), Molibidenio (Mo) e Boro (B) em sua composição química.

Também são aptos à soldagem, mas assim como as Normas citadas anteriormente, devem ser observadas as características da peça, do aço e da própria soldagem durante o processo para garantir melhores resultados.

Podem ser fornecidas em diferentes graus, conforme descrito a seguir:

  • LNE 200
  • LNE 230
  • LNE 260
  • LNE 280
  • LNE 380
  • LNE 400
  • LNE 420
  • LNE 460
  • LNE 500
  • LNE 550
  • LNE 600
  • LNE 700

Mais detalhes sobre os requisitos de propriedades mecânicas da NBR 6656 podem ser conferidos na tabela abaixo:

nbr-6656-2008

Requisitos das propriedades mecânicas da NBR 6656

Agora que você já conhece as especificações das Normas 5906, 5915 e 6656 exija esse padrão de qualidade em suas peças de aço. Escolha um fornecedor apto para atender aos requisitos da ABNT e adquira produtos com maior qualidade.

A Urifér possui 40 anos de experiência no mercado e está de acordo com todas as Normas Técnicas de seu setor. Ainda conta com o Selo ISO 9001, garantindo processos estruturados e de qualidade para produção de suas peças.

Não perca mais tempo, venha conversar com um de nossos especialistas agora mesmo!

 

Share:

Deixe uma resposta