Como dar feedbacks construtivos para seus funcionários e aumentar a produtividade da sua metalúrgica?

feedback-para-colaboradores

No processo de gestão de pessoas é importante saber dar feedback para colaboradores de maneira correta. O feedback para funcionários é uma ferramenta poderosa no ambiente de trabalho, capaz de auxiliar no crescimento profissional e também no desenvolvimento pessoal de cada colaborador.

Além disso, bons feedbacks podem ajudar a aumentar a produtividade do funcionário assim como alavancar os resultados da indústria metalúrgica no geral.

Entretanto, dar feedback para colaboradores de maneira construtiva é o maior desafio dos líderes das empresas, isso porque ainda há uma subestimação em relação à ação como recurso para gestão de pessoas. Saber lidar com os colaboradores e utilizar o feedback da maneira certa pode ser um fator fundamental para engajar colaboradores e aumentar a produtividade.

Por que a cultura do feedback é importante?

O feedback para funcionários é extremamente importante para a gestão de equipe, pois por meio dele é possível analisar possíveis erros ou pontos que precisem ser melhorados no ambiente de trabalho.

Essa ação não pode ser vista como uma crítica que tem a intenção de constranger ou deixar o colaborador em uma situação desconfortável. O feedback deve ser uma ação motivacional capaz de engajar o funcionário levando-o a melhorar seu desempenho.

Muitas vezes os feedbacks não são bem recebidos por conta da maneira como são passados ao colaborador. O líder da equipe geralmente acaba passando o feedback de acordo com seu estado de espírito e isso não é o correto a se fazer principalmente se o dia escolhido para dar feedbacks aos colaboradores tiver sido um dia estressante.

O líder deve ter em mente que a sua função é contribuir para o crescimento e desenvolvimento dos colaboradores, dessa forma, sua função não é só apontar os erros, é mostrar também os acertos e como esses pontos podem ser aprimorados.

O feedback serve para orientar os funcionários quanto à excelência esperada de suas atividades. A cultura do feedback na gestão de equipe é capaz de aumentar a produtividade da empresa e também de ajudar o funcionário a atingir os resultados que são esperados dele.

Essa postura mostra ao colaborador que o líder não está somente apontando os erros e sim contribuindo para o seu crescimento profissional.

Quando há empatia por parte do líder e do colaborador o clima organizacional melhora, trazendo mais união e entrosamento à equipe de funcionários, além de melhorar a produtividade e alavancar os resultados da indústria metalúrgica.

Sendo assim, o feedback é muito importante para manter os padrões da empresa alinhados.

Um bom feedback pode ser dado no dia a dia de modo informal, seja por meio de um elogio a uma tarefa bem feita, o retorno à uma solicitação feita pelo colaborador, uma conversa e até mesmo ajustando a rota das atividades.

Dicas de como dar feedbacks para colaboradores

Agora que você sabe o quanto a cultura do feedback é importante para a gestão de pessoas, veja a seguir 4 dicas de como dar feedbacks para os colaboradores de forma eficiente e que os estimule a melhorar sua produtividade:

1.   Escolha o local adequado para dar feedbacks

Lembre-se sempre que feedback não pode ser sinônimo de envergonhar o funcionário. O feedback por vezes pode ser um momento tenso, mesmo que o retorno sobre suas atividades seja positivo.

Portanto, em hipótese alguma dê feedback na frente de outros colaboradores da empresa, procure marcar um local e horário que sejam convenientes e converse com cada um dos membros da equipe individualmente.

Fique atento, pois criticar as dificuldades do funcionário na frente de outros colaboradores ou superiores a ponto de constrangê-lo pode ser considerado assédio. Essa ação pode vir a acarretar um processo trabalhista para a organização, sendo assim, seja cauteloso e tenha empatia com o colaborador.

Lembre-se que a função do líder é ajudar, coloque-se no lugar do outro e pense em como você gostaria de ouvir determinadas críticas.

Preze sempre por elogiá-lo em público e critique-o somente no privado, mas claro, críticas construtivas que o motivem e impulsionem, não que o façam desistir da atividade que está exercendo achando que não é competente para tal.

2.   Não procure culpados, busque soluções!

A tendência dentro das organizações é que se procure um culpado sempre quando algo dá errado ou não sai conforme o esperado.

Esse tipo de ação faz com que a equipe desanime e mesmo o colaborador que errou pode sentir-se constrangido por ter cometido determinado erro.

É claro que a função do líder é corrigir o funcionário perante o erro, mas nunca focar somente em procurar culpados e sim em buscar soluções para resolver o problema e então mostrar ao funcionário a maneira correta de se fazer.

Procurar culpados geralmente esconde o erro de diversas pessoas que poderiam ter-se atentado para que aquilo não acontecesse. Todos os colaboradores estão suscetíveis ao erro, a melhor forma de evitá-los é orientar o funcionário e buscar soluções o mais rápido possível sempre que algo não sair conforme o esperado.

3.   Motive e recompense sua equipe

Use o feedback como forma de motivar a sua equipe, aponte os acertos e erros e use-os como forma de compensar os seus colaboradores no futuro. Estabeleça metas visando os interesses

da indústria e recompense-os caso esses “erros” sejam corrigidos e conforme os objetivos forem sendo alcançados.

Se os feedbacks forem passados de maneira positiva e motivadora poderão colaborar para o aumento da produtividade dos funcionários, assim como para o aumento dos lucros e resultados da empresa.

4.   Saiba ouvir o seu colaborador

Todo o processo de feedback não serve só para que o líder ou o empreendedor fale. É necessário ouvir o que os colaboradores têm a dizer sobre os seus erros e sobre a visão que eles têm sobre o desenvolvimento da empresa.

Dessa maneira, você conseguirá compreender o que ela pensa e o porquê tem mostrado aqueles resultados. Assim, a conversa poderá trazer resultados ainda melhores!

É necessário ter empatia e compreender que de repente, o colaborador pode estar passando por outros problemas que afetem o seu desempenho no trabalho, mas isso você só saberá a partir de uma conversa franca.

Agora que você já sabe como funciona o processo de feedback para colaboradores, pode começar realizá-lo de maneira correta, engajando os seus funcionários e obtendo resultados ainda melhores. Comece com essa prática agora mesmo e perceba a mudança da cultura organizacional na empresa no dia a dia bem como nos resultados gerais.

Gostou desse artigo sobre feedbacks para colaboradores? Se sim, aproveite a visita para assinar a nossa newsletter! Assim você receberá informações e novidades diretamente na sua caixa de entrada, não perdendo nenhum novo conteúdo!

Share:

Deixe uma resposta